Mestrado Profissional Gestão de Organizações de Saúde Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP

Linha de Pesquisa

LINHAS DE PESQUISA – expressam a especificidade de produção de conhecimento dentro de uma área de concentração e são sustentadas, fundamentalmente, por docentes/ pesquisadores do corpo permanente do programa. Portanto, as linhas de pesquisa não representam um agregado desconexo, mas devem expressar um recorte específico e bem delimitado dentro da(s) área(s) de concentração e ser em proporção adequada à dimensão e à área de competência acadêmica do corpo permanente de docentes, devendo: (a) agregar, garantindo uma distribuição equilibrada entre os docentes, os projetos de pesquisa do Programa; (b) assegurar a articulação de suas ementas com as temáticas de projetos e teses e dissertações; (c) garantir proporção adequada entre o número de projetos de pesquisa e a dimensão do corpo docente. Considerando-se que a pós-graduação stricto sensu é o espaço da pesquisa e da produção de conhecimento, espera-se que linhas, orientações, disciplinas ministradas e produtos da pesquisa estejam em íntima articulação.

 

Gestão de redes organizacionais de atenção à saúde –

  • Objetivo – descrever, caracterizar, avaliar e aprimorar os diversos modelos organizacionais das redes de atenção à saúde na realidade brasileira.
  • Descrição – Esta linha de pesquisa busca ampliar o conhecimento das redes organizacionais de atenção à saúde no Brasil através de métodos qualitativos e quantitativos. Parte da premissa que a organização de processos de trabalho é ponto fundamental em gestão e explora a diversidade de modalidades de micro e macrogestão existentes na realidade brasileira, tanto na esfera pública quanto na privada, o que a torna peculiar em relação a outros países que tendem a adotar políticas uniformes de gestão. A adaptação destas diversas modalidades à realidade do Sistema Único de Saúde poderá aprimorar seu desempenho, garantindo custo-efetividade, benefícios e função social.

 

 

Gestão e avaliação de tecnologias em saúde –

  • Objetivo – descrever, caracterizar, avaliar e aprimorar as tecnologias em saúde, compreendidas como o conjunto de ferramentas de amplo espectro caracterizadas como leve ou de baixa densidade tecnológica até as chamadas duras ou de alta densidade tecnológica que são utilizadas nos vários níveis de assistência à saúde.
  • Descrição – Esta linha de pesquisa utiliza metodologias quantitativas, como meta-análise e custo-efetividade, para avaliar o impacto de uma ou várias tecnologias em saúde nos diferentes desfechos que são avaliados pelos gestores de saúde e prescritores na tomada de decisões quanto à incorporação, manutenção ou retirada destas tecnologias no sistema de saúde.

contador