Site da USP
Mestrado Profissional Gestão de Organizações de Saúde Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP

Cooperação Inter-institucional

Parcerias público-públicas e público-privadas

Setor público: o Programa de Mestrado Profissional em Gestão de Organizações de Saúde (MPGOS) desde sua implantação e regularmente, tem recebido e titulado alunos com formação profissional em todas as áreas do conhecimento, vinculados a várias instituições públicas de assistência e de administração da saúde como hospitais, unidades básicas (incluindo a Estratégia Saúde da Família), unidades de atenção secundária (ambulatórios de especialidades), Ministério da Saúde, secretarias municipais de saúde, fundações de apoio a serviços de saúde, contribuindo para capacitação qualificada do corpo funcional em gestão em todos os seus aspectos, bem como, no processo de avaliação de tecnologias em saúde com eficiência e competência técnica.

O MPGOS tem mantido estreito relacionamento com Departamentos, Secretarias e Comissões do Ministério da Saúde como a Diretoria de Gestão e Incorporação de Tecnologias em Saúde (DGITS), a Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias para o SUS (CONITEC), O Departamento de Ciência e Tecnologia (DECIT), desenvolvendo estudos relacionados à avaliação e incorporação de tecnologias para o SUS, através de elaboração de pareceres de evidências científicas e outros produtos, segundo assinaturas de carta-acordo com a Organização Panamericana de Saúde (OPAS), trabalhos em conjunto com Hospitais via PROADI-SUS  e outros acordos, resultando em benefícios multilaterais (MPGOS, Ministério da Saúde, alunos do MPGOS, sociedade).

O MPGOS, tem procurado fornecer apoio para algumas secretarias estaduais de saúde na forma de consultorias em assuntos relacionados à gestão em seus muitos aspectos, além de prestar suporte às demandas gerenciais decorrentes da judicialização atrelada às novas tecnologias em saúde, bem como, recebendo e titulando alunos com demandas de capacitação específicas de interesse regionais.

Setor filantrópico: O MPGOS, tem se aproximado de instituições de saúde do setor filantrópico, seja recebendo diretamente alunos vinculados profissionalmente, sobretudo às Santas Casas, seja através da celebração de convênios para titulação de profissionais de instituições do referido setor de outros estados brasileiros, como a Santa Casa de Campo Grande/MS (SCCG), em que recentemente o MPGOS oferecerá o Mestrado na Modalidade “Turma Fora de Sede”, capacitando e qualificando o corpo funcional daquela Instituição nas práticas e conhecimentos de Gestão Em saúde, e dando suporte para o objetivo central na criação de um Programa de Mestrado Profissional próprio da SCCG.

Setor privado: O MPGOS, tem atraído muitos profissionais do setor privado da saúde recebendo e titulando alunos que tem vínculos com instituições da saúde suplementar e privadas, qualificando-os para o exercício da gestão em saúde com base em ferramentas gerenciais adequadas ao ambiente corporativo, gerando resultados eficientes com potencial para transferência tecnológica para outros setores. O Programa também tem sido muito procurado por profissionais vinculados ao corpo funcional de indústrias da saúde como laboratórios farmacêuticos e de equipamentos médicos, sendo que desde o primeiro processo seletivo tem titulados vários, muitos deles, recebendo promoções ou recolocações na carreira após passarem pelo MPGOS.

Inovações tecnológicas, pesquisa e desenvolvimento: O Programa, tem vínculo e inserção formal junto ao Parque tecnológico de Ribeirão Preto – SUPERA®, uma experiência bem sucedida entre a Universidade de São Paulo, Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, Governo do Estado de São Paulo e Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. Tal iniciativa tem gerado produtos inovadores desenvolvidos no âmbito de projetos apresentados e executados por alguns dos mestrandos profissionais do MPGOS vinculados à SUPERA®, sendo muitos desses projetos contemplados com fomentos de agências como a FAPESP e CNPQ, gerando impacto social e econômico considerável.


contador